quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Doenças oculares na infância: importância do diagnóstico precoce


Inúmeros problemas oftalmológicos encontrados na infância , se diagnosticados precocemente, podem ser tratados e curados. Entre eles, podemos destacar o estrabismo, que tem consequências não apenas na qualidade da visão, mas na estética e na saúde mental, e a catarata congênita, cujo diagnóstico precoce pode permitir que uma criança que não enxergaria nada, veja o mundo com seus próprios olhos.
No fim-de-semana passado, na campanha do Projeto Luz na praia de Ipanema, encontrei um paciente que é acompanhado por uma residente minha do HUPE/UERJ, que teve a catarata diagnosticada aos 2 meses pelo Teste do Olhinho feito no ambulatório. Operou um olho aos 5 meses e o outro aos 10 meses. Logo após a segunda cirurgia, começou a interagir e a engatinhar. Antes, tinha desenvolvimento neurológico atrasado. Vocês não imaginam o tamanho da minha satisfação quando encontrei com a mãe deste bebê e seus 3 filhos vestindo a camiseta da campanha e entitulando seu filho o "garoto-propaganda" do projeto. Foi emocionante.
O dia estava lindo e aquele menino pôde ser o céu azul, as ondas do mar, o movimento das pessoas e as bolas coloridas que, cuidadosamente, enfeitavam o quiosque dos bebês. Dá pra imaginar o que deve ser viver sem isto?!
Segue, então, um vídeo de entrevista dada pelo prof Luciano para a Record em 30 de junho de 2009. Mais conhecimento para todos nós e mais saúde para nossas crianças...

http://www.recordrio.com.br/videos.php?sid=2824

3 comentários:

Betinha10 disse...

Monica, já tentei por mil caminhos comunicar-me com vc , escrevi um "jornal" aqui em seu blog - que adorei - e qdo fui enviar, tive de fazer uma senha para o google, devo ter várias, mas não encaixou nenhuma que usei, assim fiz outra. Sou Betinha , a pediatra / hebiatra e psicoterapeuta de Recife que escreveu no Artigonal sobre Anamnese psicossomática em Pediatria. Fiquei muito agradecida com seu comentário e goataria da gente poder trocer figurinhas. Tb adoro EAD, acredito em outra forma de dovulgar conhecimentos e preciso de grupos que pensem como eu para haver maior construção.Bjs mil, vamos ver se desta vez tenho mais sorte e a msg chega. Betinha / rECIFE

Mônica Firmida disse...

Oi Betinha!
Que legal ter recebido seu contato.
Vai ser um prazer podermos trocar figurinhas.
Envie email para mim: mfirmida@gmail.com
Tenho outros contatos para trocarmos.
Bjs e obrigada!
Mônica

Anônimo disse...

Oi Mônica,
fui sua aluna na Unigranrio e terminei minha residênsia em pediatria no HSE em janeiro deste ano.
Agora, estou morando no Panamá.
Estava mexendo na internet para estudar e cheguei até seu blog.
Muito legal poder me atualizar entrando no seu blog.
Abraço, Fernanda Reys.